Seleção Brasileira

Seleção Brasileira lança campanha em busca de apoio

Atletas se unem e criam a campanha #DeixaElasJogarem e uma Vakinha online para amenizar os custos da participação no Mundial de Flag Football 5×5 no Panamá

Na tarde desta quinta-feira, 7 de junho, as atletas da Seleção Brasileira de Flag Football lançaram em sua conta oficial do instagram, a campanha #DeixaElasJogarem. 

O video acompanha uma Vakinha online criada para angariar fundos e amenizar os gastos das atletas. Confira o depoimento:

Depois de cinco meses de preparação da seleção brasileira, seis training camps com mais de 100 atletas de 40 times diferentes de todo Brasil e com organização e viagens pagas pelas próprias jogadoras e técnicos chegou a hora das 15 escolhidas disputarem o tão sonhado Campeonato Mundial no Panamá.

Desde 2012, a seleção brasileira de flag football feminino enfrenta grandes desafios para participar do Mundial e neste ano não será diferente. Após todo o esforço e dedicação, às vésperas de confirmar a nossa inscrição na competição descobrimos que a Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) não teria condições de custear o valor da hospedagem e alimentação de todas as atletas como estava previsto no orçamento desta instituição. Em poucos dias tivemos que nos juntar para pagar o total de 2.700 euros para que nossa inscrição no campeonato não ficasse ameaçada. E agora, faltando menos de dois meses para a viagem, ainda que estejamos dispostas a bancar tudo do nosso próprio bolso, pode ser que a gente não consiga representar o Brasil em mais uma edição do Mundial.

Diante desse cenário, nos unimos ainda mais e decidimos lançar a campanha “Deixa elas jogarem”. Quem é atleta amadora sabe de todas as dificuldades que enfrentamos para conciliar preparação, treinos e viagens com a nossa rotina diária. Diante disso, encontramos em nosso esporte outro empecilho, de onde na verdade, deveria vir um auxílio para que nosso esporte crescesse cada vez mais no país.

Mas nós não vamos desistir!

A campanha “Deixa elas jogarem” quer dar visibilidade a uma situação comum e compartilhada por diversos times espalhados pelo país. Por isso, nós estamos aqui, em busca da sua ajuda para que possamos realizar o nosso sonho de participar de mais uma edição do Campeonato Mundial de flag.

Você pode nos ajudar compartilhando o vídeo de nossa campanha e dando visibilidade a nossa causa. Disponibilizamos ainda, em nosso site, a venda de camisetas de passeio iradas da nossa seleção que você pode comprar e receber na sua casa. Além disso, acabamos de lançar a nossa vakinha e estamos correndo contra o tempo para arrecadar fundos para que a nossa missão no Panamá seja cumprida.

#Deixaelasjogarem

A situação atual

Atletas e membros da Comissão Técnica da Seleção Brasileira dividiram entre si a taxa de € 2.700,00 referente à hospedagem, alimentação e transporte local da delegação no Panamá e já efetuaram o pagamento via Transferência Internacional, arcando inclusive com todas as taxas e impostos. Agora cada membro da delegação está comprando, mais uma vez com dinheiro do próprio bolso, suas passagens aéreas, que atualmente custam entre R$ 2.500 – 3.000,00.

A CBFA, Confederação Brasileira de Futebol Americano necessita regularizar sua situação diante a IFAF (Federação Internacional de Futebol Americano) quitando suas dívidas. A entidade nacional se comprometeu a pagar somente a inscrição (€ 1.000,00) da Seleção no Mundial de Flag do Panamá por alegar não ter condições de arcar com todos os custos de Hospedagem, Alimentação e transporte local das atletas. 


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o topo