Capacitação

Training Camp de recebedoras repete o sucesso do evento para QBs

Mesmo com um dia inteiro embaixo de chuva, equipe técnica e atletas superaram todas as expectativas

No fim de semana dos dias 16 e 17 de fevereiro, no Centro de Treinamento da Portuguesa, em São Paulo, a comissão técnica da Seleção Brasileira feminina de Flag Football 5×5 deu mais um grande passo em seu plano de evolução técnica da modalidade em território nacional.

Aproximadamente 100 atletas participaram dos dois dias de atividades embaixo de muita chuva, mas sem perder a intensidade e atenção às dicas e orientações da equipe técnica.

Confira a nossa cobertura fotográfica nos links: sábado e domingo

A CT contou com o auxílio dos atletas de Futebol Americano e Flag Football André “Moss” Pistarini e Vinicius “Seiya” da Portuguesa FA, Fernando Takai e Lucca Germano do Spartans Football e Jeff Henderson do São Paulo Storm.

Seiya, Takai, Letícia, Cazarin, Vic, Guidi, Bruna, Jeff, Lucca e Moss

As atletas foram divididas em grupos e rodaram por diversas estações com drills específicos de trabalhos de mãos e pés, cortes e mudança de direção, catchs, snaps e dribles. Sempre com muitos detalhes, para que todas entendessem o porque e o quão importante eram os movimentos e técnicas e quando usá-los.

A equipe de fisioterapeutas estava mais uma vez à disposição. Além das excelentes fisioterapeutas (também atletas de Flag): Claudia Carahyba (na ponta esquerda) e Naime Bianca (na ponta direita), a seleção contou também com os estagiários Matheus Perez, Eutonio Filho e Camila Freitas.

No domingo todas puderam colocar em prática o que aprenderam executando a árvore de rotas da Seleção, em jogos amistosos entre os grupos e em um divertido desafio de rotas Fly, o qual contou com a grande final entre as atletas Nathália Elias do São Paulo Storm, Lígia Blat e Luiza Calaça do Antares Flag Football e Ester Alencar do Curitiba Silver Hawks.

Ester Alencar, atleta do Curitiba Silver Hawks e Luiza Calaça, atleta Antares Flag Football

A disputa final entre Ester e Luiza foi eletrizante e, após muitas repetições, quando estava praticamente declarado o empate, Luiza garantiu a vitória na última tentativa.

Mais uma vez a energia e clima amistoso entre as atletas facilitou o aprendizado. Todas estavam atentas ao detalhes, se divertindo e trocando experiências. Era clara a ajuda mútua pelo bem comum da evolução da modalidade.

É sempre difícil organizar um evento grande como foi esse Camp, mas sempre muito gratificante ver o sorriso no rosto, perceber a evolução e conquistar os objetivos estabelecidos. Ver a evolução das atletas e do Flag Football no Brasil não tem preço, não tem clima, não tem cidade, não tem Estado. Estamos juntas ali por um objetivo em comum e essa é a melhor parte de todas!

Victoria Guglielmo, Head Coach

O evento contou com o patrocínio da Lança Sports e apoios do Flag Football Brasil, Rastreador F.A, KD Palha e Amanda Boabaid.

Defensoras

O próximo training camp, dedicado a defensoras acontecerá nos dias 30 e 31 de março, com local ainda a definir. Segundo a head coach Victoria Guglielmo, as inscrições serão abertas na próxima quarta-feira, dia 20 de fevereiro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o topo